ÓLEOS DE COZINHA: SAIBA AS DIFERENÇAS, BENEFICÍOS E COMO USÁ-LOS:

ÓLEOS DE COZINHA: SAIBA AS DIFERENÇAS, BENEFICÍOS E COMO USÁ-LOS:

Sabemos que as gorduras são benéficas e muito importante para a nossa saúde,  mas é preciso conhecer os diferentes tipos de gorduras e aprender a fazer boas escolhas no dia a dia. Quem cozinha sabe que o óleo é um dos ingredientes mais utilizados para compor várias receitas, não é mesmo? Mas algumas dúvidas podem surgir na hora de decidir qual tipo ideal utilizar.

Existem gorduras que podem fazer mal à saúde e que aumentam o risco de desenvolvimento de doenças do coração, porém existem outras que trazem benefícios e ajudam a proteger a saúde cardiovascular. É muito importante saber qual a finalidade de cada óleo e seus benefícios. Todos são extraídos de sementes, flores e frutas e parecem ser iguais, mas há diferenças significantes na utilização de cada tipo. Quanto mais virgem o óleo, menos refinado ele é, e o seu sabor e cor são mais preservados.

Para facilitar, confira a seguir algumas dicas para auxiliar na escolha do tipo de óleo e seus benefícios, e quais são os óleos que não são prejudiciais à saúde quando aquecidos.

– Azeite de oliva: é indicado para cozinhar, mas é preciso cuidar com a temperatura, pois acima de 180 graus, o azeite oxida e perde suas propriedades, portanto ele não é indicado para frituras. É uma grande fonte de gorduras monoinsaturadas, que ajudam no controle dos níveis de colesterol e têm está associado com boa saúde do coração. Seu uso é ideal para assados, grelhados, omeletes e refogados.

– Azeite de oliva extravirgem: embora seja muito saudável, não é uma boa opção para cozinhar, pois o azeite extravirgem quando elevado a altas temperaturas, perde suas substâncias benéficas. Então é melhor usar o azeite virgem para cozinhar e o azeite extravirgem para preparações cruas, como temperar saladas. Portanto o azeite extravirgem deve ser consumido frio para preservar as propriedades nutricionais e como benefício ajudar no combate ao colesterol ruim e proteger o coração.

– Óleo de abacate: é resistente ao calor e sua composição é similar ao azeite de oliva, com a presença importante de gorduras monoinsaturadas e uma quantidade pequena de gorduras saturadas e poli-insaturadas. Esse óleo é rico em gorduras saudáveis, vitaminas, minerais e antioxidantes e fornece benefícios para a saúde, como o auxílio na redução potencial de doença cardíaca. Seu uso é indicado para temperar saladas e para cozinhar, a nutricionista Valéria cita que também é bom consumir o óleo de abacate antes da refeição (ingerir 15 minutos antes).

– Óleo de coco: é fonte de gorduras saturadas, porém os triglicerídeos são de cadeia média (TCM), e não de cadeia longa, por isso, são mais bem absorvidos pelo corpo, sendo logo convertidos em energia (e não acumulados em forma de gordura no corpo). O óleo de coco  é resistente à temperaturas elevadas, por isso é uma boa opção para cozinhar e seu uso pode ser indicado para frituras, pois não produz produtos tóxicos a altas temperaturas.

– Manteiga: Embora algumas pessoas a vejam como vilã, se for consumida com moderação, pode ser favorável. Pois contém gorduras saturadas saudáveis e o organismo as reconhece como naturais e consegue metabolizá-las. A manteiga pode ser uma boa opção para cozinhar, pois não produz substâncias tóxicas com cozimento. Mas não deve ser consumida em excesso.

– Banha: Pode ser usada para cozimento pois não produz substâncias tóxicas em altas temperaturas. Porém não é a melhor opção de gordura, pois contém muita gordura saturada e colesterol.

Mas ainda pode ser melhor do que óleo de canola e demais óleos refinados.

DICA: Como dispensar o óleo de cozinha após o seu uso?

Todo óleo pode ser reutilizado caso não tenha ficado sujo depois de uma fritura e se não passou muito tempo após ser utilizado pela primeira vez. Porém, ele pode ficar rançoso facilmente, causando infecções por alimentação. O indicado é reciclar o óleo, armazenando-o em um frasco, para depois ser dispensado nos postos corretos de reciclagem em sua cidade

Related posts

×