Nutrição Esportiva

A prática da atividade física, seja como forma de promoção da qualidade de vida ou com o intuito de competitivo, é amplamente beneficiada pela adoção de hábitos alimentares adequados.

A escolha dos alimentos que fazem parte da dieta de praticantes de atividade física e de atletas é determinante para a manutenção da saúde desses indivíduos , bem como para o controle do peso da composição corporal, o aprimoramento do rendimento nos treinamentos e o alcance de resultados positivos em competições.

A nutrição desempenha papel fundamental de fornecer a energia necessária para o trabalho biológico realizado no exercício  e nutrientes que otimizam a obtenção e a utilização dessa energia. Além disso, os nutrientes são essenciais na formação, na reparação e na reconstituição de tecidos corporais, mantendo a integridade funcional e estrutural do organismo e tornando possível a prática da atividade física.

Uma dieta adequada deve proporcionar aos atletas e praticantes de atividade física as quantidades de energia e de nutrientes necessários ao aprimoramento das adaptações fisiológicas e metabólicas ao exercício.

Para que a conduta dietética seja eficaz e proporcione o alcance dos objetivos necessários, uma criteriosa avaliação dos hábitos alimentares deve ser realizada como ponto de partida. A anamnese alimentar é um instrumento de grande importância para que as estratégias e o planejamento dietético sejam traçados. O conhecimento profundo de dados biopsicossociais, econômicos, histórico alimentar, intolerâncias e possíveis alergias alimentares, horários e locais de refeição e da pratica de exercícios físicos é imprescindível para a elaboração da conduta nutricional.

A individualização no atendimento de atletas e praticantes de atividade física é imprescindível para a obtenção do sucesso no momento de elaborar um plano alimentar. Para tanto, características individuais, preferências e aversões alimentares devem ser respeitadas por meio da elaboração de planejamentos nutricionais personalizados e flexíveis, que alcancem maior adesão por parte dos pacientes atendidos.

O acompanhamento periódico das modificações no comportamento alimentar é necessário para que posteriores ajustes nos planejamentos dietéticos orientados possam ser efeituados, buscando aprimorar os resultados almejados.

 

Quer saber mais? Entre em contato com a Dra. Valéria

×